Série RockStor (2 de 4), Instalando

Como já vimos no artigo anterior (você pode vê-lo aqui) o RockStor Storage é uma ferramenta simples e prática para o armazenamento e disponibilização de dados pela rede (NAS). Já nesse segundo passo irei apresentar a instalação e configuração inicial da ferramenta, vamos lá:

Após escolher a sua máquina alvo (servidor de arquivos) de acordo com os requisitos mínimos que já comentamos no artigo anterior, é hora de partir para a instalação do sistema operacional. Um fator interessante é que a própria instalação busca o menor disco para ser o disco de sistema, mas se você quer ter a certeza da instalação no local desejado poderá deixar apenas o disco destinado ao sistema operacional, os discos que irão armazenar dados podem ser inseridos posteriormente.

Após colocar a mídia criada (DVD ou pendrive) e dar boot, você será direcionado para esta tela onde será preciso pressionar enter
 
Após dar inicio a instalação os passos são completamente automáticos, você precisará apenas definir a senha do usuário root clicando em “Root Password”
 
Agora basta apenas clicar em reboot e assistir ao primeiro boot do sistema. 🙂

A partir desse momento o sistema está instalado e funcional, este é o momento de conectar os discos destinados ao armazenamento (caso tenha desconectado por precaução), nos passos que se seguem será feita a conexão com a GUI Web e finalização de pequenas configurações.

 
Ainda no servidor entre com o usuário root e a sua senha definida no momento da instalação.
 
após efetuar o login, entre com o comando ip a , esse comando irá apresentar o endereço ip da máquina ele será necessário para acessar a GUI no navegador de qualquer outra máquina da rede, e fazer as configurações e monitoramentos.
 

A partir dessa parte todas as configurações ficam por conta do navegador no computador (ou computadores) cliente.

entre com o endereço no navegador: https://ip-do-seu-servidor
 
Clique em avançado e depois em Ir para o site
 
Nesta tela preencha com o note de usuário que irá fazer login na interface web e aceite os termos, uma senha também será definida, o nome de usuário pode ser qualquer um da sua escolha.
 
Esta é a tela principal da GUI Web (muito bonita por sinal), onde apresenta uma dashboard contendo varias informações atualizadas em tempo real sobre , rede, discos, espaços de armazenamento dentre outras informações.
 
Ao clicar em storage e depois em disks, será possível visualizar se seus discos estão disponíveis.

Neste ponto está tudo certo para começarmos a provisionar discos e criar compartilhamentos, isso será detalhado no próximo capítulo da nossa série de artigos, então, eu vou ficando por aqui! Para ir para o próximo artigo clique aqui.