Microsoft anuncia sua própria distribuição Linux.

Isso mesmo! Depois de anos de muitas rivalidades e até umas “espetadinhas” a Microsoft pelo que nos parece voltou atrás e está um passo atrás do outro mais próxima do pinguim. Já faz algum tempo que sinalizam positivamente para o espaço do Linux em plataformas empresariais e cloud da empresa, depois a enfática frase “Microsoft ama o Linux”.

Como mencionado no post anterior (Kali Linux agora disponível no Windows 10) , a Microsoft andou aproximando os dois ambientes numa experiência mais imersiva e prática trazendo-o para dentro do Windows 10 através da Loja de Apps do sistema, logo depois mais distros Linux foram aparecendo e se tornando disponíveis também para instalação no ambiente Windows Desktop. Desta vez os laços foram estreitados através do MS Windows Azure,  uma versão conhecida até agora de Azure Sphere OS foi desenvolvida pela Microsoft tendo como base o Kernel Linux para dispositivos IoT (Internet das coisas), segundo Brad Smith (presidente da Microsoft) o Azure Sphere irá atuar num grupo de itens para prover segurança e conectividade em dispositivos inteligentes.

Um chip bem pequeno está sendo sendo desenvolvido também, para apoiar no trabalho e para acomodar os serviços e operações no tal sistema, bem como garantir a segurança item bastante visado em toda a ideia deste projeto da Microsoft, que sobretudo visa oferecer: segurança, operações de nuvem, e conectividade com outros sistemas e plataformas da gigante de Redmond. Como já mencionei anteriormente a segurança em dispositivos IoT é um motivo de grande discussão atualmente pois a todo momento estão sendo lançados novos dispositivos e, devido seu tamanho poder de processamento e flexibilidade serem um pouco reduzidos acabam sendo mais vulneráveis, como vimos num ataque recente a esse tipo de computadores em específico. Assim, a ideia em apresentar um chip oferecido gratuitamente, um sistema operacional com Kernel Linux e cloud connection, tem intenção de resolver esses casos e é claro esquentar ainda mais o mercado de computadores nas coisas. A Microsoft também oferecerá suporte no quesito atualizações de segurança por um bom tempo, o que também irá atrair a atenção de muitos pesquisadores, desenvolvedores e investidores.

Até então ainda não temos uma distribuição destinada a áreas de trabalho totalmente baseadas em Kernel Linux, mas, será que isto estaria prestes a acontecer? Ainda não sabemos, mas, começamos a perceber que a união de diferentes dispositivos e sistemas pode prover resultados incríveis. Abaixo um vídeo com um pouco sobre o Azure Sphere OS divulgado no canal da Microsoft no YouTube:

Fique ligado, continue conectado e até a próxima! Green Operations IT – Tocantins




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.